Descubra quais são os estilos de decoração mais usados hoje em dia" />

Como definir seu estilo de decoração em 5 passos simples

Descubra como definir seu estilo de decoração de uma forma prática e quais são os mais usados pelos designers nos dias de hoje.

Descubra como definir seu estilo de decoração de uma forma prática e quais são os mais usados pelos designers nos dias de hoje.
Compartilhe:
31/05/2021

 

Você realizou o sonho de comprar seu apê e não tem certeza de como decorá-lo? Ou resolveu repaginar algum ambiente e não sabe por onde começar?

Seja qual for o caso, sair comprando itens de decoração a torto e a direito não é uma boa ideia.

Definir primeiro o seu estilo de decoração é essencial para evitar gastos indesejados e fazer com que você crie a sua própria identidade em casa.

Hoje, você vai aprender quais são os estilos mais populares e como identificar o seu em 5 passos.

Vem com a gente nessa jornada de autoconhecimento!

 

Descubra quais são os estilos de decoração mais usados hoje em dia

Antes de partir para as dicas sobre como escolher o seu estilo de decoração, que tal fazer um tour pelos 6 mais populares?

Venha com a gente:

 

Estilo Minimalista

https://i.pinimg.com/564x/fd/60/bc/fd60bc3d9ab13bdaf16b274cd0b8fe07.jpg

Imagem: Pinterest (https://br.pinterest.com/pin/699324648389322536/)

 

O Minimalismo é o estilo perfeito para quem vive pela premissa “menos é mais.”

Ele surge no século XX para remover o excesso de informação dos ambientes e deixar somente o essencial e funcional.

No Minimalismo trabalhamos com um conceito clean, ambientes fluidos, linhas limpas, espaço aberto, formas geométricas e móveis multifuncionais.

Nesse conceito, prevalecem os tons neutros e claros, que promovem sensação de paz e aconchego.

As cores naturais do minimalismo são o branco, cinza, preto, nude, areia, entre outros, podendo deixar os pontos de cor para objetos mais específicos, como uma luminária ou almofadas.

A abundância de iluminação natural também é uma parte importante do ambiente minimalista. Isso porque a claridade contribui para o ar de limpeza que o estilo propõe.

Sabendo escolher os revestimentos, móveis e cores, é possível ter muito aconchego no minimalismo!

Um painel de madeira, por exemplo, é um ótimo aliado para trazer mais “calor” a esse tipo de ambiente.

Os grandes espelhos também são elementos minimalistas. Além disso, são uma ótima pedida para deixar espaços pequenos com uma aparência maior.

 

Estilo Clássico

https://i.pinimg.com/564x/73/12/8c/73128c43f82c928b814f72faeb3e73c1.jpg

Imagem: Pinterest (https://br.pinterest.com/pin/547117054738912243/)

 

O estilo Clássico surgiu na antiguidade, justamente quando se evidenciava o requinte, elegância e sofisticação.

Inspirado naqueles lindos palácios europeus dos séculos XVII e XVIII, o estilo clássico nunca sai de moda e tem como uma das características mais marcantes a presença de rebuscamento nas linhas e formas de objetos e mobiliários.

Com o passar dos anos, essa decoração se reinventou e agregou os estilos moderno e contemporâneo.

Um dos principais traços de um ambiente clássico são os móveis com muitos detalhes e ornamentos, na maioria das vezes de madeira nobre como mogno, cerejeira e nogueira, bem-robustos e de alta qualidade.

Para as cores, as neutras, como branco, preto e bege são muito utilizadas, pois transmitem leveza. Já o dourado e prateado complementam, trazendo elegância.

E cores como verde escuro, vinho e azul-marinho, são muito bem-vindas, quando combinadas com o restante da decoração.

Além das cores, tecidos sofisticados como couro e veludo, muitas vezes com estampas florais ou estampadas, têm um papel muito importante na composição clássica para fortalecer essa atmosfera requintada.

Janelas e portas com formatos mais robustos combinam muito nessa decoração, e a luz natural é consequentemente muito valorizada.

Já a iluminação, normalmente vinda de lustres de cristais e abajures, dão um ar mais elegante com uma iluminação mais amarelada, como se tudo estivesse a luz de velas.

O estilo clássico é geralmente indicado para espaços maiores e pé direito alto, pois as peças são muito marcantes, mas trazendo caraterísticas marcantes, é possível que ele se faça presente mesmo em construções mais modernas.

Para trazer o estilo clássico para um espaço menor, podemos decorá-lo com elementos como:

Boiseries e molduras de gesso

Lustres e cristais

Espelhos

Tapetes clássicos

Papéis de parede com arabescos

Retratos e quadros de pintura

 

Estilo Contemporâneo

https://i.pinimg.com/564x/29/76/fb/2976fbe2e9fae8b76092072b7375ebe1.jpg

Imagem: Pinterest (https://br.pinterest.com/pin/8655424273007751/)

 

Opondo-se ao Clássico, o estilo Contemporâneo surge na metade do século XX pra agradar quem gosta de acompanhar tendências e também busca só o essencial.

Apostando em funcionalidade com estilo, ambientes contemporâneos têm as famosas plantas em “conceito aberto”, com a ausência de paredes, integrando os espaços e linhas retas.

No contemporâneo, é essa ausência que cria presença. Ou seja, o espaço é deixado mais livre, com pouca ornamentação, para criar um impacto visual.

Mesas com poucos enfeites, grandes paredes com poucos quadros, aquele sofá bem longo e baixo, móveis com traços simples, funcionais e discretos. Os objetos mais esculturais são colocados como o foco do ambiente.

Ao contrário do minimalismo, no Contemporâneo, apesar de continuarmos com uma base neutra, podemos brincar mais com cores, texturas e materiais.

A elegância do estilo contemporâneo conta com o uso de muitos materiais como pedra, vidro, cimento, aço, mármore e madeira clara ou escura que se contrastam com o charme de tecidos suaves em tapetes, cortinas e estofados, normalmente em algodão, linho, lã, entre outros.

Na iluminação, amplas janelas de vidro com muita iluminação natural e uso de luminárias e pendentes com design modernos e arredondados são muito bem-vindos.

 

Estilo Vintage

Imagem: Pinterest (https://pin.it/kxZaRMt)

 

O estilo Vintage nunca sai de moda – afinal, ele é composto por elementos que mexem com a nossa memória afetiva. Não é à toa que ele vem conquistando muitos fãs!

Caracterizado pelo resgate de peças originais que não sofreram modificações e modernizações, o ambiente Vintage é romântico, muito acolhedor, cheio de personalidade, cores e nostalgia.

Ele coloca objetos e tendências dos últimos 60 anos em uma máquina do tempo, combinando passado com presente e futuro.

É muito comum confundir a decoração retrô com a decoração vintage. Isso acontece, pois esses dois estilos estão interligados e na maioria das vezes, no mesmo ambiente.

A principal diferença entre eles está na data de criação de cada objeto ou mobiliário. Vintage é o móvel original que está sendo reutilizado e o retrô é referência antiga para o móvel novo.

Sabendo isso, anote as nossas principais dicas para trazer esse estilo para a sua casa:

Restaurar móveis antigos de família

Misturar modelos de cadeiras e poltronas

Utilizar discos de vinil, vitrolas, relógios de paredes, pôsteres e quadros antigos na decoração

Usar garrafas de vidro e até mesmo xícaras antigas como vaso de flores

Aproveitar revestimentos originais ou revestir o piso com mosaico, no estilo das casas das nossas avós

Combinar tons pastéis, além do marsala e do laranja

Escolher maçanetas, torneiras e puxadores na cor bronze ou dourado, mais arredondados, característicos do estilo Vintage

Se você gosta de plantas, costela de adão e samambaias também ajudam a complementar a atmosfera

Leia também: Como criar um jardim vertical

 

Estilo Rústico

https://i.pinimg.com/564x/44/f2/0f/44f20f9e768e37c80e5b2b0c053abfed.jpg

Imagem: Pinterest (https://br.pinterest.com/pin/6896205665013487/)

 

Trazer a natureza para dentro de casa e resgatar nossa ligação com a Terra: esses são os dois pontos principais do estilo Rústico de decoração.

Ao ter um ambiente Rústico, criamos um espaço com uma energia rural, aconchegante e imperfeito. É um refúgio do dia a dia urbano corrido e cosmopólito.

Tudo no estilo Rústico gira em torno da madeira. Além de ser visualmente linda, ela aguça vários sentidos como o tato e o olfato.

Para criar um ambiente Rústico em qualquer espaço, siga as nossas dicas:

Use e abuse de painéis de vidro e grandes janelas para integrar o interno com o externo da natureza

Móveis de madeira natural são sempre uma boa pedida

Na iluminação, escolha lâmpadas de luz amarela e mais fracas, para reforçar essa sensação de aconchego

Prefira fibras naturais e couro em tapetes e tecidos naturais para os móveis e cortinas

Panelas e utensílios de cobre trazem o ar rústico para a cozinha

Animal print e tricô geram o calor e o conforto característicos do estilo

Isso não quer dizer que você precisa necessariamente transformar o seu apartamento em uma casa de fazenda. Uma parede de tijolos à mostra é uma ideia simples que já imprime um clima rústico.

Também vale lembrar que a madeira precisa de cuidados, pois ela sofre muito com a ação do tempo.

Se puder, dê preferência à madeira natural. Mas para quem busca praticidade, hoje já existem alternativas que a imitam perfeitamente e não precisam de tanta manutenção.

Revestimentos de madeira de demolição, por exemplo, trazem o ar rústico e cores alegres para qualquer ambiente.

 

Estilo Industrial

https://i.pinimg.com/564x/ec/5a/45/ec5a456060f33be1250b875db1f9e9d4.jpg

Imagem: Pinterest (https://br.pinterest.com/pin/714031715902359316/)

 

Gostaria de um visual mais urbano e descolado? O Industrial cai como uma luva no seu apartamento.

Esse estilo vem lá da década de 1970, quando moradores de Nova Iorque começaram a transformar antigos galpões em moradia. Foi aí que surgiram os famosos lofts, com grandes ambientes integrados.

Podemos dizer que o Industrial mistura elementos rústicos, contemporâneos e vintage, com um toque de sofisticação.

O estilo Industrial é caracterizado por ambientes bem-funcionais, com um único móvel desempenhando vários papéis. A tubulação e os tijolos são aparentes e a decoração tem vários detalhes em aço e ferro.

Além disso, tem tradicionalmente janelas e portas bem-amplas e altas, tudo em cores sóbrias como o preto, marrom, acobreado.

Veja mais alguns elementos-chave do estilo Industrial:

Sofá de couro marrom

Eletrodomésticos em inox

Objetos de ferro escovado

Pendentes e trilhas de spots

Tapetes em tons escuros para trazer conforto

Tintas que imitam a textura do concreto e cimento queimado

 

Como definir meu estilo de decoração? Siga estes 5 passos

Agora que você já conhece os principais estilos de decoração, acompanhe essas dicas para definir o seu:

 

1. Pesquise muitas referências

Ter repertório é uma ótima estratégia para desbravar o vasto universo de possibilidades da decoração de interiores.

Para isso, busque muitas referências, veja decorações com as quais você se identifique e guarde-as.

O próprio Instagram ou Pinterest são ótimas ferramentas de pesquisa. Use o recurso de salvamento (a bandeirinha) para ter todas as suas referências a um toque de distância.

 

2. Monte o seu moodboard

https://i.pinimg.com/564x/90/30/ff/9030ff56a233b7da59faceee02870907.jpg

Imagem: Pinterest (https://br.pinterest.com/pin/307722587046914929/)

 

Uma imagem vale mais do que mil palavras, não é mesmo?

Depois de visualizar e salvar muitas referências, chegou a hora de montar o seu moodboard. Essa é uma ferramenta usada para traduzir visualmente uma ideia. Na prática, é reunir em um quadro imagens relacionadas ao seu gosto pessoal.

Nele vale tudo! Insira sensações que você quer ter, as cores que você mais gosta, seus locais preferidos, pessoas que te inspiram, perfumes que você mais ama, móveis que você acha incríveis, entre outros.

É um verdadeiro exercício de autoconhecimento que te ajudará a definir o seu estilo de decoração.

Depois de terminar, deixe o moodboard “descansar” por alguns dias e avalie se tudo ali realmente tem a ver com você.

 

3. Faça uma nuvem de palavras

Depois do descanso do moodboard, olhe para ele e escreva em uma folha de papel quais palavras vêm à sua mente quando você pensa no seu estilo de uma maneira geral. É uma prática criativa, então escreva o que vier à mente sem filtros.

Alguns exemplos de palavras que você pode usar para compor a sua nuvem: ousado, romântico, sexy, colorido, tranquilo, feminino, alegre.

Você vai perceber que naturalmente elas vão se encaixando em alguns estilos de decoração citados aqui neste artigo.

 

4. Pense nos lugares que você gosta de frequentar

Inspire-se naqueles restaurantes, hotéis, casas e até cidades e países que você mais ama. Quais elementos desses locais fazem você querer sempre visitá-los?

Mapear as sensações que os nossos lugares preferidos nos trazem é mais um jeito de aprender a criar o ambiente perfeito dentro de casa.

 

5. Olhe para o que você consome

As roupas que usamos, as músicas que escutamos, os filmes que assistimos e as decisões que tomamos dizem tudo sobre nós.

E podemos usar essas informações para nos ajudar a definir nosso estilo de decoração.

Por isso, vale a pena dar uma olhada no seu guarda-roupa e entender se seu estilo é mais clássico, mais despojado, mais vintage ou rústico.

Também é uma ótima ideia analisar quais tipos de conteúdo você mais consome.

Se você amou os castelos de Bridgerton, seu estilo pode ser mais clássico. Já se você adorava o apartamento da Monica em Friends, pode se identificar com o vintage. Se na sua playlist só tem sertanejo, o rústico pode ser o seu estilo ideal.

Com essas dicas, temos certeza de que você conseguirá definir melhor o seu estilo e fazer com que a decoração da sua casa, transpareça a atmosfera que você deseja, alcançando melhor qualidade de vida.

Mas, lembre-se: o mais importante não é estar dentro de uma “caixinha” e sim decorar com a sua personalidade, criando um lugar onde você se sinta bem.

 

Saiba mais sobre a Egydio dos Santos Construtora

Somos a Egydio dos Santos, uma construtora conhecida por gerar as melhores oportunidades do mercado imobiliário em Ribeirão Preto-SP, com grande potencial de valorização e o melhor custo-benefício.

Sabemos como o mercado está em constante transformação e garantimos que nossos empreendimentos estejam preparados para as novidades.

Conheça os nossos últimos empreendimentos, PORTO VECCHIO RESIDENCIAL e o VISTA RIBEIRÂNIA.

Focados em inovação, eles seguem o nosso padrão de alta qualidade e podem te ajudar a entender o que esperar dos próximos lançamentos.

Espaços inteligentes para sua vida, com apartamentos para investir e alugar por temporada.

Gostaria mais informações como essas? Assine a nossa Newsletter no rodapé da página.

Agradecemos a leitura e até a próxima.

 

 

Entre em contato conosco

Entre em contato conosco

WhatsApp VENDAS

(16) 99100 - 2222

Fale com VENDAS

(16) 3441 - 8807

Rua Conde Afonso Celso, 613

Sumaré - Ribeirão Preto/SP