Casa inteligente: conheça a automação residencial

O que você sabe sobre casas inteligentes e o conceito de automação residencial?

O que você sabe sobre casas inteligentes e o conceito de automação residencial?
Compartilhe:
26/03/2020

Acompanhe o nosso exemplo:

Há um engarrafamento próximo ao seu bairro e você está nele. São 19h de uma segunda-feira muito quente. O sol desapareceu, mas deixou aquele mormaço incrível antes de sumir e tudo o que você deseja é estar em casa, beber algo bem gelado e curtir o ar condicionado. Se a sua casa for automatizada você pode, ainda dentro do carro, ajustar:

  • O ar-condicionado, e deixar ele refrescando a casa até a sua chegada;
  • Baixar a temperatura da geladeira para garantir que as bebidas fiquem do jeito que você gosta;
  • Ligar o televisor e deixar ele gravando um programa, para que você não perca qualquer apresentação ao vivo (como shows e jogos de futebol).

Há ainda muitas outras coisas que já são possíveis com a automação residencial. O que foi chamado carinhosamente de casa inteligente está tomando conta do mercado e hoje nós vamos falar mais sobre este assunto.

Como sempre, será um artigo democrático, voltado para quem conhece tudo sobre automação industrial e também para quem deseja aprender sobre o assunto.

Bem, então, vamos lá, vamos conversar um pouco sobre estes lançamentos que estão mudando a vida e os hábitos das pessoas.

Boa leitura!

O que é automação residencial

Automação residencial usa tecnologia para automatizar tarefas presentes em sua casa. Tarefas que antes dependiam somente do morador.

A ideia é fazer com que todos os sistemas eletrônicos funcionem como um só, sob nosso total controle, onde pode-se adicionar tarefas pré-programadas, de acordo com nossos hábitos, necessidades e gostos, trazendo praticidade, segurança, economia e conforto.

A automação residencial proporciona um conforto que antes só estava presente na imaginação e nos livros de ficção científica.

Além de tudo, ela é facilmente adaptada aos dispositivos domésticos, o que faz dela uma tecnologia flexível. Fica ao seu critério decidir quais cômodos e quais aparelhos serão automatizados.

Como a automação residencial funciona

As principais funções da automação residencial são:

  • Monitorar,
  • Gerenciar,
  • Programar eventos.

Todas essas funcionalidades podem receber a ativação remotamente. Como no exemplo que abre este artigo.

O sistema de automação precisa que os equipamentos e dispositivos estejam conectados em uma controladora – também chamada de central hub. Essa controladora estará conectada com a internet.

Os dispositivos usados para que você “dê ordens” à controladora são as interfaces. Calma que o assunto vai ficar muito simples.

Você tem um televisor em casa, quando quer mudar de canal você aperta botões no controle remoto e o televisor responde.

A controladora funciona da mesma maneira, ela responde aos comandos das interfaces, que podem ser: controles, como os da televisão, seu smartphone, comandos de voz, etc.

Resumindo: você irá efetuar um comando ou uma ordem para a controladora e ela irá garantir que o dispositivo correto coloque essa ordem em ação no momento determinado.

Leia mais: A VOLTA DO CRESCIMENTO NO SETOR DE CONSTRUÇÃO

Quais são os dispositivos da automação residencial presentes no mercado

Apresentamos abaixo os principais sistemas de Automação Residencial:

  • Automação da iluminação residencial
  • Automação do controle de temperatura
  • Cortina automatizada
  • Fechadura inteligente
  • Sensor de presença de portas e janelas
  • Câmera de segurança residencial
  • Home-Theater e som ambiente
  • Sensor de vazamento de água e consumo

Estes são os comandos mais comuns, mas a tendência é que cada vez mais partes da vida doméstica sejam automatizadas.

Por qual razão fazer uma automação residencial

São três motivos principais para a automação residencial

Segurança

Com fechaduras inteligentes (programadas para abrir apenas com as suas digitais) a sua casa ficará segura contra invasões, roubos e furtos.

Você também pode contar com os sistemas de monitoramento por câmeras inteligentes, que captam a presença de elementos estranhos na sua casa e disparam o alarme para a polícia.

Imagine que você poderá programar uma câmera interna com o comando: se qualquer pessoa entrar aqui antes das 16 horas envie uma mensagem no meu smartphone.

Praticidade

Como dissemos no começo do artigo, a automação residencial torna diversos serviços automáticos (perdão pela redundância, mas ela é verdadeira).

Hoje, é possível acionar uma lâmpada estando longe de casa ou em qualquer lugar do mundo.

Ligar o ar condicionado, a irrigação do jardim, lareira, fechar as cortinas são outros exemplos do que fazer com mais facilidade com a automação.

Sendo assim, muitas coisas precisarão apenas de uma programação e depois você ganhará muito tempo com bem-estar.

 

Economia

A automação residencial da iluminação, por exemplo, permite uma redução considerável de consumo desnessário de luz, já que é possível programar para que a mesma se apague sempre em certos momentos, garantindo que não haja “desperdício” de luz em ambientes que não estejam sendo utilizados, ou ainda, que todas as luzes se apaguem ao sair de casa, para que não se esqueça de apagar as luzes de todos os cômodos.

Existem alguns dispositivos na automação residencial que são capazes de gerenciar o consumo de energia de uma residência. Com isso, é possível detectar onde estão os maiores consumos e economizar energia.

Um ar-condicionado consome muita energia, temos certeza de que você já sabe disso. Com a automação você poderá programar o equipamento para manter a temperatura de acordo com as necessidades do dia.

Isso significa que ele funcionará na medida certa para garantir o seu conforto, mas sem gastar energia em excesso. Essa economia também está presente em muitos outros aparelhos como refrigeradores, televisores, luminárias... etc.

Qual é a diferença entre automação e integração

A diferença é simples, quando você tem o poder de ligar ou desligar um ar-condicionado diretamente no seu celular sem a participação de uma central, esse ar está integrado. Sempre que você desejar que o ar seja ligado existe a necessidade de que um comando seja enviado.

Quando uma central cuida do dispositivo e ela tem comandos pré-estabelecidos, por exemplo “sempre que a temperatura estiver acima dos 24 graus o ar deve ser acionado”. Isso é automação.

Pois, como o nome sugere, na automação as coisas acontecem com uma programação prévia, estão estabelecidas.

Leia em seguida: SAIBA COMO COMEÇAR A INVESTIR NO MERCADO IMOBILIÁRIO

Invista em conforto

A automação residencial existe para que você possa viver em um verdadeiro sonho. Invista em um imóvel da Egydio dos Santos Construtora, como o Ilha de Paros, desenvolvido para quem deseja o melhor imóvel de Ribeirão Preto com o melhor custo-benefício do mercado.

Gostou da publicação de hoje? Assine a nossa Newsletter, você receberá diretamente no seu e-mail as maiores e melhores novidades sobre vida, conforto, segurança e claro, oportunidades de investimento.

Entre em contato conosco

Entre em contato conosco

WhatsApp VENDAS

(16) 99100 - 2222

Fale com VENDAS

(16) 3441 - 8807

Rua Conde Afonso Celso, 613

Sumaré - Ribeirão Preto/SP